Arquivo do blog

domingo, 2 de agosto de 2015

Resenha "O Retorno do Jovem Príncipe"

Olá pessoal!


Hoje eu trouxe uma resenha do livro:
"O Retorno do Jovem Príncipe"


Descrição:

Autor: Alejandro Guillermo Roemmers
Editora: Fontanar
Gênero: Literatura estrangeira
Páginas: 110
Tamanho: 15,5 cm  x 23 cm
Ano: 2011
Sinopse: O livro relata como foi o retorno do Pequeno Príncipe à Terra. Tudo começa quando um homem, que viajava pela Patagônia, encontra o jovem príncipe (agora adolescente). A dupla segue numa viagem cheia de diálogos e questões existenciais.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Inicio esse post admitindo que a leitura e análise desse livro foram as coisas mais difíceis que já fiz relacionado a literatura. Difícil porque é impossível não comparar a obra consagrada do escritor Saint-Exupéry "O Pequeno Príncipe" com a obra do escritor argentino Alejandro G. Roemmers (ainda que ele seja premiado em seu país e que certamente não teve a pretensão de ser igual ou melhor que Exupéry). No entanto, um livro baseia-se no outro. 
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Sem mais delongas, vamos para os prós e contras:

PRÓS
  • Várias vezes o escritor Roemmers faz referência a obra O Pequeno Príncipe. Por exemplo: citando o planeta B612, a rosa, os vulcões, o acendedor de lampiões, o aviador etc.
  • O prefácio foi escrito pelo sobrinho-neto e ex-presidente da Fundação Antoine de Saint-Exupéry, ou seja, o livro foi aprovado pelos familiares de Exupéry.
  • O autor costuma descrever com detalhes cada local em que os viajantes se encontram.
  • A característica do Pequeno Príncipe em fazer perguntas foi preservada.
  • Alguns ensinamentos são descritos com exemplos, facilitando o entendimento do leitor.
  • O livro é repleto de bonitas mensagens e reflexões sobre: amor, felicidade, amizade, vida etc. Por exemplo: "É impossível amar e perdoar as outras pessoas sem primeiro amar e perdoar a si mesmo." pg. 84.
  • Preço acessível (varia entre R$ 3, 90 e R$ 24, 90 dependendo do local da compra e da época do ano).

CONTRAS
  • Todos os grandes ensinamentos sobre: amor, perdão, felicidade, amizade, vida e morte são vindas do companheiro de viagem (ao contrário da obra de Exupéry, em que o garotinho de cachecol é quem ensina o aviador). Eis um exemplo  da passividade do Jovem Príncipe: "Quando eu morrer, quero ser uma estrela. Me ensine a viver para me transformar em estrela." pg.74.
  • O Jovem Príncipe se desfaz de seus trajes típicos para usar jeans, camiseta, tênis e um boné virado para trás (sem muitos detalhes do porquê dessa atitude).
  • Algumas explicações estão incompletas e outras estão confusas.
  • Não há ilustrações, apenas alguns desenhos de estrelas entre um capítulo e outro.
  • Não possui orelhas. A diagramação é simples.




--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Minha opinião

Particularmente, respeito a licença poética dos escritores, porém penso que se é para dar continuidade a uma obra já existente e marcante como a do Pequeno Príncipe há de se ter cuidado com as intervenções e não descaracterizar o personagem. Já vimos grandes adaptações, como: o anime da década de 80, o filme musical dos anos 70 e o seriado transmitido pela Discovery Kids, recentemente (nessa exibição o pequeno príncipe também é jovem), porém as características do personagem de Exupéry permaneceram as mesmas.

Se você gosta de reflexões e mensagens bonitas, e não se importa com modificações de obras originais, eu recomendo a leitura. Se você é mais criterioso e gosta de ver seu personagem favorito o mesmo de sempre, eu não recomendo a leitura. (Eu não gostei do livro, mas tem quem goste, rs!)


Nota: RAZOÁVEL!


Se você não sabe de que anime eu me referi ali em cima, Clique aqui!

Se você gostou desse post creio que vai gostar de ler a resenha
"As mais belas frases de Antoine Saint-Exupéry", Clique aqui!


Beijão, até a próxima







Nenhum comentário:

Postar um comentário